Falando sério

Cem anos do Dia Internacional da Mulher.

Hoje comemora-se além do dia Internacional da mulher,  o centenário da data dedicada a luta da mulheres por igualdade.
Cem anos passaram-se e é evidente que não há igualdade e nem vai ter.
Num primeiro momento as mulheres revidicaram serem iguais aos homens, mas a mulher doce como é, compassiva, e nao entenda compassiva como tonta, mas refazedora dos seus conceitos, entendeu o quanto é bom ser mulher, feminina e ter seu espaço.
Acredito que a luta continua, mas nao pela briga dos sexos instaurada no seculo vinte, nem por a nao quererem ser iguais aos homens, mas sim pela liberdade de fazerem suas escolhas, faze-las de modo que julgam correto e neste ponto a mulher tem alcançado seus objetivos, nao ainda de forma plena, mas de forma consistente.
É claro que há aquelas que misturam os conceitos.
Mas nao apeguem-se a conceitos, apeguem-se ao fato de que todas nos mulheres merecemos a felicidade e ae vai da escolha de cada uma.
Você pode escolher ser dona de casa, empresaria, engenheira, esposa, mae ou ser tudo ao mesmo tempo, dae a luta nao é contra os homens é contra você mesma.